08/01/2021

Como Lauryn Hill transformou o meio musical com um álbum

Não é exagero falar que o "The Miseducation Of Lauryn Hill" mudou a música de maneiras que até hoje impactam a indústria, não só pelos recordes que quebrou ou o Grammy que ganhou. Lauryn, passou a inspirar quase todos que já gravaram música, tanto novos artistas quanto os mais consagrados do hip-hop.
 
O que se tornou uma espécie de deseducação para Lauryn se tornou uma educação para os fãs e para a indústria, ensinando-nos algo novo sobre a vida e a música também. O que se segue são apenas alguns dos ensinamentos mais valiosos que ela transmitiu e que ainda significa muito até agora, mais de vinte anos depois.
 
Com exceção de Foxy Brown e Lil Kim, rappers mulheres que se destacavam eram uma raras, e as músicas que elas faziam não falavam exatamente sobre o empoderamento feminino. Em parte, é esse pano de fundo que explica por que The Miseducation of Lauryn Hill chegou como um raio 23 anos atrás.
 
Para se ter noção, o álbum vendeu 422.624 cópias na semana em que foi lançado, o que na época estabeleceu o recorde de vendas mais altas da primeira semana por uma artista feminina. Foi indicado para 10 Grammys e ganhou cinco deles (o máximo em uma única noite para uma artista feminina da época, quebrando o recorde de Carole King), incluindo Álbum do Ano, um prêmio que nenhuma mulher negra tinha vencido. O álbum também foi selecionado para ser incluído no Registro Nacional de Gravações pela Biblioteca do Congresso. Em todo o mundo, vendeu mais de 19 milhões de cópias.